Brigadeiro de Colher Para Páscoa

brigadeiro de colher
Brigadeiro de colher é a nossa sugestão para essa Páscoa que está a chegar e com ela mais alguns momentos deliciosos em família. Os pequeninos ficarão rendidos!

Pessach, Domingo da Ressurreição ou Equinócio da Primavera?

A palavra Páscoa deriva do hebraico Pessach, significa passagem ou passar além. Para os judeus, simboliza a passagem do povo hebreu pelo Mar Vermelho rumo à terra prometida e o fim da sua escravidão no Egito. Já para os cristãos, essa data religiosa simboliza a ressurreição de Jesus Cristo ou a sua passagem da morte para a vida.

E o que o chocolate tem a ver com isso?
Leia esse artigo até o final e descubra que história é essa de ovos e coelhinhos. Para já, vamos a receita?

Receita de Páscoa – Brigadeiro de Colher

chocolate de colher

Rendimento: 20 Colherinhas

Tempo de Preparo: Menos de 15 minutos

Ingredientes

  • 200 g de chocolate de leite, picado grosseiramente;
  • 70 ml de nata/creme de leite fresco, (aquele de caixinha);
  • Chocolate granulado, a gosto;
  • 60 ovinhos de chocolate.
Materiais Necessários:

  • 20 colherinhas de plástico;
  • 1 palito de madeira, (de espetadas/espetinhos);
  • Fitas de cetim, (cores da sua preferência).

Modo de Preparo: Brigadeiro de Colher



Assista para ver como fizemos Brigadeiro de Colher para a Páscoa.


  1. Em fogo baixo, aqueça um recipiente e acrescente o chocolate;
  2. Junte a nata/creme de leite;
  3. Mexa sem parar até o chocolate derreter e soltar do fundo;
  4. A seguir, desligue o fogo e transfira para uma taça de sobremesa;
  5. Passe as colherinhas pelo chocolate e salpique o granulado por cima;
  6. Com um palito, abra uma covinha no centro de cada colherinha;
  7. Finalize, com três ovinhos de chocolate em cada colher.

Dica: Faça uns minutos antes de servir e para evitar que o chocolate fique endurecido, não refrigere.

Segundo alguns historiadores, a tradição de presentear ovos é muito antiga e terá surgido das culturas pagãs europeias, mais precisamente com o fim do inverno e o início da Primavera no hemisfério norte (Equinócio), uma época de ressuscitação em que as plantas voltam a florescer e os animais procriam.

Esses povos veneravam a deusa da Primavera Ostera (Eostre, Austron ou Aysos), uma deusa da fertilidade e amor que segura em sua mão um ovo (símbolo de nascimento) e observa uma lebre (símbolo da fertilidade). Vale lembrar que Páscoa em alemão é Ostern e em inglês Easter, bem semelhantes ao nome da deusa não?

Mais tarde em meados do século XVIII, eis que surge a ideia de substituir os ovos de galinha por uma iguaria mais apelativa e viciante, o tão delicioso chocolate que é apreciado por muitas pessoas e impulsiona o comércio nessa época. E Assim nasceu o ovo de chocolate!

Veja também: Sobremesa de Chocolate

E não se esqueça de acompanhar as receitas através do nosso canal de vídeos “Prato Dileto”.


Até a próxima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *